segunda-feira, 5 de abril de 2010

Orquestra


"Os violinos, na frente, riscam,
A harpa ressoa,
As clarinetas assopram,
Tudo regido por uma só pessoa,
Não há sonoridade certa,
Nem sei qual instrumento se sobrepõe,
Mas sei que tanto desperta,
O que um dia me foi,
Dado como perdido,
Algo que um dia eu tinha tido,
Sim, um bom ouvido,
Para ouvir a voz do sentimento,
Que eles colocam em seus instrumentos,
Juntos formam uma lírica,
Que chega a quase ser física,
E que certamente determina,
Tudo isso como uma coisa divina..."

By: Fake Angel / Neko

2 comentários:

Ronaldo disse...

"A vida é uma ópera". :B

Tsky disse...

nooosa, como você consegue falar de orquestra tão perfeitamente? EOAISHEASIO